8 de dezembro de 2008

Leis de Newton e Lei da conservação do momento linear

Durante a visualização destes dois vídeo é fácil encontrar inúmeras relações com as Leis de Newton: lei da inércia, lei fundamental da dinâmica e lei da acção reacção. Também podemos analisá-los de acordo com a Lei da conservação do momento linear.





Neste último vídeo, reparem como o centro de massa fica imóvel visto que as forças em causa são todas "interiores" em relação ao sistema. É fácil concluir que, em cada uma das extremidades do ponto central amarelo, existem forças simétricas. A força resultante é nula, pelo que não há variação de velocidade. O centro de massa estava imóvel e permanece imóvel.

O que aconteceria se, quando eles começassem a puxar, já todo o sistema se estivesse a deslocar com uma determinada velocidade?

Feed
Gostou? Assine o Feed ou receba os artigos por email

6 comentários:

** karolina ** disse...

a aceleração aumentava, logo havia uma variação de velocidade ...

Rui Barqueiro disse...

Olá Carolina! Não é isso que acontece. Pensa lá melhor.

André Estêvão disse...

A força resultante continuaria a ser nula, não havia aceleração nem variação de velocidade.

Rui Barqueiro disse...

Olá André. É isso mesmo. ;)

** karolina ** disse...

pois é ...

às vezes uma pessoa não lê bem a questão ...

tem razão sim senhor

Guilherme disse...

Eu acho que a força resultante continuaria nula, visto que não havia variação da velocidade e acelaração.

Enviar um comentário

1) Identifique-se.
2) Seja respeitoso e cordial.
3) São bem-vindas críticas construtivas e correcções.
4) Leia primeiro os comentários anteriores.

Feed Assine o Feed ou receba os artigos por email.

Estão atentos a este blogue....