3 de novembro de 2010

Ciência e Arte – 11: Jactos no Sol

Espículas solares (solar spicules) Clique para ver a imagem no máximo da resolução (2,49 MB)

Imagine um tubo tão largo como Portugal e tão longo quanto a Terra. Agora imagine que esse tubo está cheio de gás que se move a 50 000 quilómetros por hora. Imagine ainda que esse tubo não é feito de metal, mas sim um campo magnético. Se conseguiu fazê-lo, visualizou uma de uma miríade de espículas na superfície do Sol. Na imagem deste artigo pode ver uma das imagens de maior resolução que existem destas enigmáticas espículas. Adaptado daqui, onde pode obter mais informação.

Feed
Gostou? Assine o Feed ou receba os artigos por email

3 comentários:

vial disse...

Que imagem fantástica!

More Bananas disse...

Olá professor, é a Andreia Peres, a sua ex aluna no 8º e 9º ano. Passei por aqui e então não é que decidi fazer publicidade ao meu ESPETACULAR novo blog...
gimmemorebananas.blogspot.com

Se passar por lá diga-me qualquer coisa, para eu saber que viu-o.

Já agora desejo muito sucesso na sua profissão, boas festas e feliz ano novo!!! =D

Livia alfonzo disse...

Excelente post!

Enviar um comentário

1) Identifique-se.
2) Seja respeitoso e cordial.
3) São bem-vindas críticas construtivas e correcções.
4) Leia primeiro os comentários anteriores.

Feed Assine o Feed ou receba os artigos por email.

Estão atentos a este blogue....